PDAC 2024: Brasil quer atrair investimentos internacionais para projetos de mineração voltados para a transição energética

Durante a Convenção Anual da Prospectors and Developers Association of Canadá (PDAC), a ser realizada entre 03 e 6 de março, em Toronto (Canadá), o Brasil irá se posicionar como um dos principais destinos para investimentos em pesquisa mineral e mineração no mundo.

A delegação brasileira, composta por autoridades governamentais e profissionais da indústria mineral brasileira, está articulada a mostrar para empresas internacionais e investidores, que o Brasil tem segurança e estabilidade jurídica, políticas de licenciamento ambiental que se sustentam nas melhores práticas de ESG. Além disso, a delegação brasileira também estará engajada na busca de parcerias estratégicas com outros países para desenvolver a indústria mineral brasileira.

A Agência para o Desenvolvimento e Inovação do Setor Mineral Brasileiro (ADIMB), que coordena a tradicional participação brasileira no PDAC, divulgou a programação da missão brasileira durante o evento, que reúne mais de 20 mil profissionais, de 130 países. A programação servirá de plataforma para se debater as perspectivas globais da mineração, além de ser veículo para a captação de investimentos, articular parcerias e facilitar oportunidades de negócios para setor mineral brasileiro.

O país estará presente no PDAC 2024 com uma delegação robusta e representativa do setor mineral, a qual inclui o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que já confirmou presença, acompanhado do secretário Nacional de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Vitor Saback, o diretor-geral da Agência Nacional de Mineração, Mauro Sousa e o presidente do Serviço Geológico Nacional, Inácio Melo, além de um número expressivo de executivos da indústria mineral.

Roberto Xavier, diretor executivo da ADIMB, afirma que a programação da missão brasileira foi construída em parceria com o Brazil – Canada Chamber of Commerce (BCCC) de Toronto, tendo o apoio de diversos parceiros institucionais como SGB,MME, ANM, APEX, ABPM, IBRAM e ABIMAQ. A programação busca apresentar o potencial da mineração brasileira em um amplo espectro de commodities minerais, em particular projetos promissores para minerais estratégicos, vitais para a transição energética, assim como as políticas públicas para colocar o país como agente importante neste cenário mundial.

“Nosso objetivo é fomentar o Brasil como um dos principais destinos para investimentos em pesquisa mineral e mineração. Mostrar para empresas internacionais e investidores que o arcabouço jurídico brasileiro é atualizado e robusto, e que o regime de licenciamento para empreendimentos que envolvam a pesquisa e extração de bens minerais possui forte ênfase nas melhores práticas ESG”, explica Xavier. 

A programação começa dia 2 de março, com um coquetel de boas-vindas e networking inicial, organizado pela ADIMB em parceria com BCCC, com apoio do Consulado Geral do Brasil em Toronto.  Na manhã do dia 3 de marco, haverá o Brazil – Canada Mining Brunch no Toronto Stock Exchange & TSX Venture Exchange, organizado pela BCCC.

Este encontro terá o formato de painéis de discussão e contará com a presença de representantes de empresas internacionais do setor mineral e autoridades do governo canadense e brasileiro, havendo a expectativa da participação de aproximadamente 40 pessoas da delegação brasileira. Neste encontro o Brasil terá painel para que representantes governamentais possam apresentar a evolução do setor mineral brasileiro e perspectivas de futuro.

Brasil Pavilion será o ponto de encontro da mineração brasileiro no PDAC

Ainda no dia 3 de março, na parte da tarde, será a inauguração do Brasil Pavilion, no Metro Toronto Convention Centre – Trade Show South, estande 1303. O espaço brasileiro no PDAC reforça a presença do país no evento.  O estande de 90 m2 contará com infraestrutura de apoio para contatos comerciais e realização de negócios, incluindo salas de reuniões e materiais informativos de empresas e órgãos governamentais.

Brazilian Mining Day

No dia 4 de março, também no Toronto Stock Exchange & TSX Venture Exchange, haverá o Brazilian Mining Day, evento organizado pela ADIMB e que tem como objetivo a apresentação do cenário econômico e oportunidades de negócios em mineração no Brasil, com cases de grandes empresas mineradoras e juniors companies.

O Brazilian Mining Day deste ano vai trazer painéis e palestras em eixos temáticos voltados para o cenário atual do setor mineral brasileiro, projetos de pesquisa de commodities minerais importantes para o desenvolvimento de tecnologias de energia de baixo carbono, governança regulatória e segurança jurídica. Além disso, haverá um painel sobre investimentos de fundos de capital para minerais estratégicos no Brasil, com representantes da Bolsa Canadense, da B3, BNDES, Genial Investimentos e Invest Minas.  

No dia 5 de março haverá o Brazil-Canada Capital Mining Leadership Luncheon, evento promovido pela BCCC com painéis sobre mercado de capitais e financiamento de projetos em mineração, ESG e minerais críticos.

Confira a programação:

https://www.adimb.org.br/brasilpdac/wp-content/uploads/2024/01/BRASIL-PDAC-2024-%E2%80%93-PRE-AGENDA-PRE.pdf

Últimas Notícias